Guarda Civil Municipal inicia patrulhamento em bicicletas pelas ruas de Niterói.

 

 

A Guarda Civil Municipal de Niterói, a partir do dia 20 de fevereiro, vai intensificar o patrulhamento de bicicleta nos bairros de Jardim Icaraí, São Francisco, Ingá e Centro. Cerca de 20 guardas estão em treinamento ministrado por policiais do Batalhão em Áreas Turísticas (BPTur), da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ) e vão reforçar o efetivo, que atualmente conta com 12 agentes.

Durante o curso, os Guardas Municipais aprenderam técnicas de abordagem, regras de circulação, direção defensiva, métodos de defesa pessoal, pronto socorro e manutenção de bicicletas. Esta forma de patrulhamento visa prevenir a prática de delitos de forma rápida, principalmente roubos de rua, aumentando também a sensação de segurança da população.

“O ciclo patrulhamento é o meio termo entre o patrulhamento a pé e o realizado com viaturas. Além de conseguir atingir um campo maior de atuação, tem maior proximidade com a população. Em casos de roubo, por exemplo, caso o suspeito fuja pela conta mão, o guarda estando na bicicleta, facilita a abordagem”, explicou o tenente Santana, um dos instrutores do curso.

Atualmente, Niterói conta, aproximadamente, com 30 quilômetros de malha. O patrulhamento realizado por bicicleta proporciona um cenário de menor degradação nas cidades, trazendo maior sensação de segurança. O guarda municipal em bicicletas agrega uma mobilidade que cobre em média uma área de patrulhamento maior do que o efetivo a pé, sendo assim, uma excelente opção.

“O ciclo patrulhamento dá mais mobilidade à Guarda Municipal para atingir determinada região com eficiência. Além disso, tem tudo a ver com uma cidade que a cada dia vem aumentando o número de ciclovias e ciclofaixas na cidade”, disse o Secretário de Ordem Pública, Gilson Chagas.

O aumento do patrulhamento ciclístico em Niterói é mais uma medida que está sendo possível por conta do investimento que o Poder Executivo vem fazendo na Guarda Civil Municipal. Até 2014, quando foi realizado o concurso público, a instituição contava com apenas 280 servidores e hoje esse número está próximo a 600. Além disso, o município de Niterói é o único do Estado que instituiu, por lei, o Regime Adicional de Serviço (RAS), que remunera o servidor que se voluntaria a trabalhar em seu dia de folga.

acao-socialGuarda Civil Municipal marca presença

na 6ª edição da Corrida Social

A 6ª edição da Corrida Social, realizada neste domingo (29/01), com largada na Universidade Federal Fluminense (UFF), Campus Gragoatá, contou com representantes da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Secretaria de Ordem Pública (SEOP) de Niterói, inclusive o secretário Gilson Chagas. Nesse ano os inscritos para o evento escolheram para quem devem ser doados 20% da quantia arrecadada (instituições de adoção, animais, saúde ou educação).

img_7093

O secretário de Ordem Pública comemorou a boa participação dos Guardas e da equipe Seop. “Atividades físicas como essa promovem a integração entre a população de Niterói e sua força de Segurança. É uma corrida tradicional na cidade, com grande número de inscritos”, disse.

O evento tem como percursos dois trajetos: 4,8 quilômetros e 9 quilômetros, saindo e chegando da altura do Bloco H da Campus do Gragoatá da UFF. Todos os participantes que cruzaram a linha de chegada receberam medalhas e os três primeiros colocados nas categorias descritas no regulamento, divididos por sexo, receberam troféus diferenciados. A Corrida Social também premiou a equipe com maior número de integrantes.

img_6969img_6970img_6972

Guarda Civil Municipal de Niterói recebe 20 bicicletas para patrulhamento

img_1757

A Guarda Civil Municipal (GCM) recebeu, nesta quinta-feira (26/01), 20 novas bicicletas doadas que farão parte do processo de expansão do esquema de patrulhamento ciclístico praticado em Niterói. O objetivo da instituição é a criação de uma Coordenadoria de Ciclopatrulhamento, dando mais agilidade às ações.

Duplas de guardas ciclistas atuarão, principalmente, no Centro, Ingá, Icaraí, Jardim Icaraí e São Francisco, zonas apontadas pela mancha criminal como áreas de grande incidência de roubos de rua.

“Já fazia parte dos nossos planos a criação de uma Coordenadoria de Ciclopatrulhamento da Guarda. Niterói, hoje, possui uma grande malha cicloviária, e isto trará maior agilidade nas ações de patrulhamento, atendimento de ocorrências e abordagens realizadas pelas duplas de guardas ciclistas”, afirmou Gilson Chagas, secretário de Ordem Pública de Niterói.

Antes de iniciarem o patrulhamento pelas ruas da cidade, os novos guardas ciclistas passarão, em fevereiro, por um curso de ciclopatrulhamento, oferecido pelo Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPTur) da PMERJ, até estarem aptos a integrar a Coordenadoria de Ciclopatrulhamento da Guarda Civil Municipal.

A doação das 20 nova bicicletas foi uma iniciativa da Rede de Supermercados Real, objetivando o auxílio ao patrulhamento preventivo nas ruas da cidade.

praiapraia2

Niterói tem fim de ano com segurança.

Guarda Municipal contou com 407 agentes no dia 31 de dezembro.

Hoje é o dia da Briosa. Parabéns, Guarda Civil Municipal de Niterói, pelos seus 79 anos. Proteção é o nosso ideal.

Diário Oficial de 28/12/1937

d-o-criac3a7c3a3o-gcm-fls-2

Guarda Civil de Niterói sobe ao pódio na Corrida de São Garrafa

Mais uma vez a Guarda Civil Municipal de Niterói é destaque no circuito de atletismo de Niterói. O Guarda Civil Municipal Jovane  Gonçalves, desta vez, na Corrida de São Garrafa, conquistou o segundo lugar no pódio com a marca de 21 minutos e 29 segundos, no percurso de 5 km.

As GCM’s femininas Cristina e Kátia Bastos, que também fazem parte da equipe de esportes da Guarda Civil Municipal de Niterói, participaram do evento  e alcançaram as seguintes marcas: 31 minutos e 54 segundos (20º lugar) e 40 minutos e 42 segundos(53º lugar), respectivamente.

A corrida de São Garrafa, que está incluída no calendário de esportes do município, teve como cenário a Região Oceânica da cidade, mais precisamente Piratininga. O evento, que acontece anualmente , no ano que vem, será realizado no último domingo antes do Natal.

  Ação inédita na cidade marca intensificação de estratégias para combater a criminalidade em Niterói

Operação que uniu Guarda Municipal, Policia Militar e Polícia Civil vai continuar.

img_20161216_113304963

Uma ação inédita na cidade marcou nesta manhã (16- 12), o início operacional da integração das forças de segurança de Niterói com a realização de uma operação conjunta em todo o Complexo da Viradouro, envolvendo a Polícia Militar, Polícia Civil e a Guarda Civil Municipal. A ação ocorreu na mesma semana em que o prefeito Rodrigo Neves anunciou a intensificação e interação das estratégicas conjuntas, com o objetivo de diminuir os índices de criminalidade na cidade. O chefe do Executivo que dentre outras medidas já garantiu a aplicação de 10 milhões para ajudar o estado no combate à violência em convênio de cooperação técnica que será assinado nos próximos dias.

O aparato envolvido na operação contou com 60 policiais militares, 32 guardas municipais e cerca de 15 policiais civis. Cada força de segurança trabalhou dentro de suas atribuições, com a PM atuando no confronto com traficantes, a Polícia Civil no cumprimento de mandatos de prisão e a Guarda Municipal no bloqueio de trânsito para evitar orientar moradores e transeuntes que evitassem o local durante o início. A ação contou com o apoio de guarnições do 7 Batalhão de Polícia  Militar  e Policiais de 78DP( Fonseca), 77 DP (Icaraí) e 76 DP ( Centro ).   A integração também conta com o auxilio do serviços de inteligência da Polícia Federal e de todas as forças de segurança envolvidas. Após o primeiro dia da ação, os ações de segurança fizeram um balanço da importância deste tipo de estratégia.

Durante a operação um menor foi aprendido com uma pistola 9 milímetros, drogas e um rádio transmissor. Segundo Gilson Chagas, secretário de Ordem Pública de Niterói, a prefeitura de Niterói está promovendo todos os esforços para ajudar o estado nas atuações relacionadas à segurança pública e inúmeras reuniões de trabalho vem sendo realizadas para a elaboração de novas estratégias e troca de informações. Segundo ele , nesta sexta-feira foi dado mais um passo com a operação integrada acontecendo em terreno externo.

“Hoje a polícia militar ocupou as principais vielas, a polícia civil fez buscas e também participou da incursão, a guarda municipal realizou bloqueio e desvio de trânsito, somando forças para trazer uma maior segurança para a população de Niterói. Nas próximas semanas ocorrerão também ações também no asfalto. Teremos blitz com a polícia militar fazendo as abordagens dos veículos suspeitos e a Guarda Municipal auxiliando no desvio de trânsito e na sinalização desses veículos. Nós vamos intensificar essas ações agora no final de ano, mas a ideia é que elas sejam cada vez mais frequentes durante o próximo período”, completou Gilson Chagas.

O comandante do 12º BPM, coronel Márcio Rocha enfatizou que a operação integrada de hoje é de extrema importância. Segundo ele, é o início de uma filosofia e doutrina de polícia de proximidade por parte da polícia militar que se aproxima da comunidade, da polícia civil, e dos demais órgãos de interesse da segurança pública, a fim de que juntos possam alcançar os objetivos que são comuns.

“Essa é uma primeira iniciativa e uma primeira ação. A proposta é que nós avancemos cada vez mais e possamos ter melhores resultados Além da ajuda da guarda em desviar o trânsito e a passagem de ônibus nos locais da incursão que foram ações momentâneas, nas redes sociais também alertamos tão logo começou a operação que seria bom evitar esses  locais para a preservação de vidas em caso de confronto. Toda vez que nós agirmos de forma integrada podemos alcançar melhores resultados.”, disse o comandante do 12º BPM, coronel Márcio Rocha.

Durante o mês de dezembro também está sendo realizada a Operação Papai Noel em principais corredores de compras da cidade também integrado. São 70 policiais e 30 guardas municipais.

“A polícia civil está somando forças, aí, com a polícia militar, a guarda municipal, a prefeitura de Niterói e nesse primeiro ato nós atuamos com objetivo de cumprir mandados de prisão na comunidade do Viradouro e fazer serviços de Inteligência naquela comunidade. Continuaremos com essa política para dar maior sensação de.

Segurança à  sociedade.” afirmou  o inspetor Vargas, Chefe de investigação da 77 DP em Icaraí.

 Novos equipamentos para a Coordenadoria de Meio Ambiente da Guarda Civil

img_20161206_154805335img_20161206_154022422

Reconhecida pela população de Niterói por fazer resgate de animais, a Coordenadoria de Meio Ambiente (CMA) da Guarda Civil Municipal terá mais estrutura para trabalhar após receber diversos equipamentos doados pela Secretaria de Meio Ambiente. Entre os materiais estão duas motosserras, cinco foices, 35 facas táticas, cinco pás de bicos, binóculo e um aparelho de GPS de alta precisão.

“Esse material vai nos auxiliar a trabalhar na nossa linha de frente. Nós, muitas vezes, precisamos abrir trilha na mata e nos deparamos com troncos de árvores. Com a motosserra poderemos transpor os obstáculos. Como ela é de tamanho médio, nos dá bastante mobilidade. O equipamento também nos ajudará bastante no combate a incêndio em mata”, disse o subinspetor Marco Silva, comandante da Coordenadoria de Meio Ambiente.

Uma grande parte da demanda da CMA é o resgate de animais. Para se ter uma ideia, nesse ano, de janeiro a outubro, foram resgatados 441 animais na cidade. Com o material recebido, esse número pode aumentar ainda mais.

“Dos equipamentos recebidos estão duas caixas para colocar serpente. Isso é muito bom, pois é uma grande demanda da CMA”, finalizou o subinspetor.

Os equipamentos recebidos pela Coordenadoria de Meio Ambiente da Guarda Civil Municipal foram:cinco facas táticas, cinco pás de bico, cinco foices, cinco machados, duas caixas para serpentes, dez facões, dez bússolas militares,

cinco lanternas táticas, um aparelho de GPS,  um binóculo, 21 sinalizadores e duas motosserras.

Guarda Civil Municipal e PM iniciam a Operação Papai Noel

img_9407

Como tradicionalmente ocorre todo ano em Niterói, foi iniciada na manhã desta sexta-feira (02/12), em frente ao Terminal das Barcas, a Operação Papai Noel, uma ação integrada envolvendo a Guarda Civil Municipal e Polícia Militar com o objetivo de reforçar o patrulhamento preventivo, a manutenção da ordem pública e coibir crimes durante o período de compras natalinas.

Ao todo, 76 guardas civis municipais e 30 policiais militares, por dia, reforçarão as principais zonas comerciais da cidade, concentradas, principalmente, no Centro e em Icaraí. O reforço diário ocorre das 08 às 22 horas e a Operação se estenderá até o dia 7 de janeiro.

“Essa é mais uma ação integrada entre a Guarda Civil Municipal e a Polícia Militar. A ação funcionará de uma maneira em que não haja sobreposição de agentes da guarda e da polícia militar. Dessa forma conseguimos englobar uma maior área de atuação”, comentou o secretário de Ordem Pública, Gilson Chagas.

Guardas realizarão patrulhas em duplas a pé, com auxílio de bicicletas e, ainda, poderão contar com oito novas viaturas que, neste primeiro momento, atenderão exclusivamente aos grupamentos envolvidos na ação.

“Teremos pontos bases e pontos estratégicos com viaturas parqueadas. Os guardas trabalharão em duplas em setores próximos à viatura. Assim, caso seja necessário esses agentes podem se deslocar com maior rapidez”, disse o inspetor geral Leandro da Vitória Nunes.

Além disso, a população ainda poderá contar, caso flagre algum delito ou caso de desordem pública, com o serviço de chamadas de emergência 153, que é recepcionado por guardas civis municipais plantonistas no Centro Integrado de Segurança Pública (CISP), em Piratininga.

Cisp Móvel atuando durante comemoração do aniversário de 443 anos de Niterói.

Juntos, guardas municipais e estudantes debateram sobre Meio Ambiente e Sustentabilidade.

Alunos do 7º ano da Escola Municipal Altivo César, no Barreto, e agentes da Guarda Civil Municipal, realizaram na terça-feira (25/10) uma atividade integrada de conscientização ambiental na Cidade da Ordem Pública, localizada no mesmo bairro.

A iniciativa faz parte do quadro de disciplinas do Curso de Patrulhamento Escolar da Guarda e foi organizado pelo Núcleo de Atividades Integradas (NAI), da Secretaria Municipal de Educação.

A atividade proposta foi uma palestra de conscientização acerca do Meio Ambiente, abordando temas como cuidado com o lixo e seu descarte, reflorestamento e fauna e flora brasileira. Alunos e guardas realizaram o plantio de uma muda de Ipê Amarelo no terreno da Cidade da Ordem Pública e, juntos, acompanharão o crescimento da árvore.

“Todas essas atividades de integração propostas são muito importantes, pois o aluno começa a ter mais proximidade com o agente público”, afirmou o Professor Carlos Eugênio Bustamante, que faz parte do Núcleo de Atividades Integradas (NAI).

Guarda marca presença na etapa Nit Running e sobe no pódio duas vezes

A Guarda Civil Municipal de Niterói, mais uma vez, marcou presença em um evento de atletismo na cidade. A etapa Nit Running, organizada pela Nit2sports, no dia 23/10, rendeu bons frutos para a equipe da Instituição. A Guarda levou para casa, ao todo, três troféus e duas medalhas.

O GCM Miranda conquistou o primeiro lugar na categoria de faixa etária de 20 a 29 anos, com o tempo 22 minutos e 33 segundos, marca que também lhe rendeu o 10º lugar na classificação geral. O fundador do Departamento de Esportes da Guarda Civil Municipal, GCM Jovane também alcançou grande marca, 20 minutos e 13 segundos, e subiu ao pódio no 4º lugar da classificação geral. Além disso, a Guarda também levou o troféu de terceira maior equipe do evento.

Guarda Civil Municipal de Niterói doa brinquedos arrecadados

Campanha de doações distribuiu mais de duas centenas de brinquedos

brinquedos

 

Na tarde desta sexta-feira (14/10), agentes da Guarda Civil Municipal realizaram a entrega de mais de duzentos brinquedos novos e usados arrecadados em prol das crianças da Creche Comunitária de Jurujuba, no bairro de mesmo nome.

Durante um mês de campanha, realizada nas redes sociais e no site da Secretaria de Ordem Pública, as doações foram recolhidas, principalmente, no Campo de São Bento. A creche comunitária atualmente abriga 90 crianças, a maioria delas de comunidades da região de Jurujuba.

“Sempre realizamos este tipo de campanha, principalmente para os mais carentes. Desta vez, a adesão surpreendeu. Arrecadamos cerca de 200 brinquedos.”, comemorou Paulo Brito, inspetor geral da Guarda Civil de Niterói.

O Inspetor ainda destacou que os próprios servidores doaram brinquedos de filhos: “Toda criança, uma hora ou outra, deixa algum brinquedo de lado. Esse brinquedo pode encantar outra criança. Só temos a agradecer a população e nossos servidores pelo empenho”.

Grande parte da festa ficou por conta dos lanches distribuídos: cachorro quente, salgadinhos e doces, além de refrigerantes. Também não faltou animação. Os Guardas Civis realizaram diversas brincadeiras com a meninada, proporcionando uma tarde diferente para os pequenos.

A Creche Comunitária de Jurujuba fica na Travessa Brandão, 217, em Jurujuba. O telefone de contato é 98507-6328 (Fernanda Barbosa Lourenço – Diretora).

 

Formatura dos novos guardas é realizada da Cidade da Ordem Pública

CMA completa 11 anos

Nesta quarta-feira, dia 21 de setembro, a Coordenadoria de Meio Ambiente da Guarda Civil Municipal completa 11 anos. Durante esse período foram inúmeras histórias, grandes resgates de animais e muito trabalho. Desde o ano passado, a coordenadoria vem aumentando significativamente o número de ações principalmente por conta das denúncias recebidas através do número de emergência 153.

A Coordenadoria de Meio Ambiente, além de atuar na fiscalização ambiental das Unidades de Conservação do Município, ministra palestras nas Escolas Municipais sobre assuntos relacionados ao meio ambiente, como “Tráfico de animais silvestres”, “Mata Atlântica”, “Poluição” e temas como “Prevenção à violência e uso de drogas”, “Bulling”, entre outros. Atua também na repressão ao comércio ilegal de animais silvestres e domésticos, atua em conjunto com o Centro de Controle de Zoonoses Professor Américo Braga da Secretaria Municipal de Saúde na contenção e captura de animais de grande porte (equinos, suínos e bovinos) soltos nas vias e logradouros públicos e o devido encaminhamento desses animais a local adequado, entre outras atribuições.

A Coordenadoria de Meio Ambiente vem se consolidando a cada dia como um dos principais ícones da Segurança Pública da cidade de Niterói, contribuindo significativamente para o fortalecimento e credibilidade da Guarda Civil Municipal de Niterói perante a sociedade. Meus parabéns a todos os integrantes desta importante Instituição.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Guarda Civil Municipal marca presença na Corrida Social.

Guarda Municipal prende homem em flagrante em São Francisco

No fim da manhã desta quinta-feira (18), agentes da Escala Olímpica da Guarda Civil Municipal de Niterói, em patrulhamento por São Francisco, prenderam em flagrante um homem de 43 anos em flagrante por furto de bicicleta. O homem foi encaminhado à 77ª DP, onde foi verificado que o suspeito possuía sete anotações criminais. O fato ocorreu na Avenida Quintino Bocaiúva, próximo a uma agência bancária.

Os guardas estavam realizando o patrulhamento pela escala olímpica, quando foram requisitados por populares que presenciaram o furto da bicicleta. Prontamente os agentes detiveram o acusado e o caminharam para a 77ª DP. O produto do furto foi recuperado e devolvido ao proprietário.

Centro Integrado de Segurança Pública atendeu 3.292 ocorrências em um ano

IMG_20160804_162114015

O Cisp (Centro Integrado de Segurança Pública) completou um ano na quarta-feira (10/8) com um total de 3.292 ocorrências atendidas e 10.729 acompanhadas de agosto de 2015 até o último dia 31 de julho.

Do total de ocorrências atendidas, que são aquelas em que são captadas pelas câmeras e o Cisp aciona os órgãos competentes, 1.244 foram sobre trânsito, 1.133 criminais, 327 de ordem pública e 608 diversas.

Em relação aos atendimentos pelo serviço telefônico do 153, desde janeiro de 2016, foram totalizados 4.088 casos.

Com a cidade toda monitorada, houve uma redução nos índices de algumas modalidades criminais como os roubos a transeuntes. Segundo os dados do ISP (Instituto de Segurança  Pública). De agosto/2015 a junho/2016 foram 2.762 ocorrências contra 3042 de agosto de 2014 a junho de 2015, uma redução de 10%.

“O Centro Integrado de Segurança Pública tem atendido o objetivo de integrar as instituições policiais, proporcionando em Niterói uma troca constante de informações e ações conjuntas entre as esferas de governo. Até o fim do ano o objetivo é que o Cisp se torne referência em atendimento através do serviço de emergência do número 153″, disse o secretário de Ordem Pública de Niterói, coronel Gilson Chagas.

Também caíram os registros de roubos em ruas (que soma os roubos a coletivos, transeunte e de telefone celular). De agosto/2015 a junho/2016, foram 3.585 casos contra 3.699 no mesmo período dos anos anteriores, uma queda de 3,08%.

O Cisp foi responsável por ajudar na solução de um caso de grande repercussão na cidade: o assassinato do aposentado João Bosco. As câmeras flagraram dois suspeitos abandonando um carro e um deles acabou preso. Outro caso foi a prisão de um suspeito de integrar uma quadrilha de traficantes que teve imagens captadas pelo Cisp quando era atendido no Hospital Azevedo Lima.

Hoje, o Cisp conta com 371 câmeras e vai entrar em uma nova era: começaram a ser instaladas na semana passada na Ponte Rio-Niterói dispositivos que serão capazes de fazer a leitura das placas dos veículos. Com uma parceria com a Polícia Civil, esse sistema permitirá a identificação de carros roubados que entram e saem da cidade. Ao todo, serão 12 câmeras.

Guardas Municipais fazem ótimo trabalho durante passagem da tocha por Niterói

Apresentação dos integrantes da IV turma do Curso de Formação Profissional da Guarda Civil Municipal

_MG_4018_MG_4034

Este slideshow necessita de JavaScript.

Estudantes fazem 10km de trilha com a Guarda Municipal de Niterói

WhatsApp-Image-20160721

Cerca de 15 alunos do 3º ano do Ensino Médio do Colégio Estadual Dorval Ferreira da Cunha, no Rio do Ouro e duas professoras, realizaram na manhã desta quinta-feira, trilhas guiadas com Guardas Civis Municipais da Coordenadoria do Meio Ambiente (CMA). Eles percorreram cerca de 10 km, iniciando pela trilha do Santo Inácio, seguindo pela trilha do Platô e, por fim, a trilha do Eucalipto, todas na região do Parque da Cidade, na Zona Sul de Niterói.

Os Guardas Municipais tiveram a oportunidade de mostrar para os alunos a vegetação característica do Parque. O que mais chamou atenção dos estudantes foi ter a oportunidade de conhecer ao vivo uma árvore de Pau-Brasil.

“O colégio nos procurou e agendou essa caminhada. É bastante produtivo para os estudantes, pois eles têm um ensino de campo. E pela distância que percorreram deu pra ver que eles estão recebendo um bom treinamento físico da professora”, comentou o subinspetor da coordenadoria de Meio Ambiente, Marco Silva.

coruja fonseca band

Guardas de Niterói treinam com cães

A Guarda Civil Municipal de Niterói vem aperfeiçoando suas atividades a fim de melhorar a segurança da população. E com a construção da Cidade da Ordem Pública Coronel Marcus Jardim, prevista para ser inaugurada em setembro, esse trabalho será ainda melhor. Uma das novidades é que a nova sede contempla um canil, com capacidade para até dez cães. E os Guardas já estão capacitando para o trabalho com os animais. Esse é o caso do GM Barenco, coordenador Marques, subinspetor Leandro e coordenador Salvador, que nos últimos meses vem se especializando.

A possibilidade de ter um grupamento com cães é enaltecida pelos guardas civis municipais.

“O grupamento aproxima a população da instituição. Os cães não são utilizados nas ruas para oprimir,  mas para participar do patrulhamento como também para atividades de adestramento e exibição”, disse o subinspetor Leandro.

Os guardas enfatizam que ter cães na guarda pode facilitar muitas operações, desde controle de distúrbios, como nas rondas e em busca por desaparecidos.

“O cão é uma ferramenta de trabalho que dá a vida pelo seu condutor. Ele possui um faro tão apurado que é capaz, inclusive, de ajudar na busca por pessoas no mar”, comentou o coordenador Marques.

O grupamento ambiental da guarda também será beneficiado com a possibilidade de trabalhar com animais. A ideia, inclusive, é que haja um grupamento de cães específico para o setor ambiental.

“Contar com cães com maior capacidade olfativa será muito importante na  busca por pessoas desaparecidas, o que pode acontecer em nossas matas, já que temos uma grande área de Mata Atlântica”, afirmou o coordenador Salvador.

As intenções para o grupamento de cães não estão restritas às atribuições da Guarda Civil no dia a dia. Existe a intenção de utilizar os cães da guarda para cinoterapia, que é uma  abordagem terapêutica que tem como diferencial o uso de cães como co-terapeutas no tratamento físico, psíquico e emocional de pessoas com necessidades especiais.