Guarda Civil Municipal de Niterói capacitada em Ações Táticas

Curso, inédito em Niterói, teve fim no início deste mês

_BEA7235

Nesta quinta-feira (07) foi realizada a formatura da primeira turma do Curso de Especialização em Ações Táticas, idealizado pela Secretaria de Ordem Pública de Niterói (Seop) e oferecido para guardas do município e de outras Guardas do Estado. De 44 inscritos, apenas 18 conseguiram chegar até o fim do curso, que exige do candidato nível físico e psicológico apurado e foi ministrado por especialistas em operações especiais de forças de segurança e salvamento.

A preparação que tem como principal objetivo formar agentes capazes de responder com serenidade em casos de ocorrências de alta complexidade e situações de crise, já faz parte do calendário de cursos permanentes do Departamento de Ensino e Pesquisa da Secretaria de Ordem Pública de Niterói.

 

Iniciado no dia 06 de novembro, os agentes trabalharam de forma exaustiva a parte física e psicológica durante os treinamentos em condições e terrenos inóspitos, realizando exercícios de rapel para resgate, sobrevivência em área de mata, utilização de equipamentos táticos e de salvamento, técnicas de abordagem, dispersão de distúrbios, além de primeiros socorros. Esta variedade de disciplinas possibilita ao guarda civil municipal apoiar órgãos como a Defesa Civil, Bombeiros e outras Forças de Segurança Pública em casos de crise e calamidades públicas.

 

Para aprimoramento e capacitação, os agentes passaram por desafios que exigiram uma capacidade física, mental, sensorial diferenciada, testadas através de exercícios controlados que buscavam a todo instante testar a capacidade de tomadas de decisões em situações extremas que envolvessem liderança, espírito de equipe, disciplina e controle emocional.

 

Capacitação da Guarda Civil Municipal – O Departamento de Ensino e Pesquisa, além do curso de Ações Táticas, possui um vasto calendário de cursos a serem oferecidos para guardas municipais com objetivo de manter a Instituição atualizada e pronta para servir a população. Guardas, anualmente, realizam cursos de Qualificação Profissional e níveis estratégicos e gerenciais; curso de meio ambiente; curso de assistência social; curso de patrulha escolar e curso de trânsito. Para 2018 estão previstos mais dois cursos regulares: de patrulhamento com cães, oferecido pelo Batalhão de Ações com Cães (BAC-PMERJ) e um curso de Inteligência, oferecido pela Escola de Inteligência do Estado do Rio de Janeiro. Além de todos esses cursos, guardas municipais passam semanalmente, oficinas de formação continuada de defesa pessoal, primeiros socorros e educação física.

 

 

 

 

Guardas Municipais de Niterói participam de capacitação para rapel no Parque das Águas

Atividade integra Curso de Especialização em Ações Táticas, realizado pela Secretaria de Ordem Pública (Seop)

 Dezoito guardas municipais de Niterói participaram, na manhã deste sábado (18), de um exercício de rapel, no Parque das Águas. A atividade faz parte do 1° Curso de Especialização em Ações Táticas, realizado pela Secretaria de Ordem Pública de Niterói (Seop), que está sendo aplicado por instrutores de operações especiais. A iniciativa, que vai durar cerca de um mês, tem por objetivo aprimorar o tipo de abordagem, ampliar o conhecimento, identificação e mediação de conflitos.

Durante três horas e meia de atividade, os agentes passaram por treinamento para atender à operações que exijam o uso do rapel. O secretário municipal de Ordem Pública, Gilson Chagas, frisou que o curso integra as iniciativas para ampliar cada vez mais o nível de preparo dos guardas municipais.

“Estamos chegando à metade do curso, o melhor de ações táticas para guardas do Rio de Janeiro. Nossos guardas já tem alto nível de preparo, e queremos que estejam especializados também para ações táticas”, disse.

Com 15 anos de experiência na Guarda Municipal, o subinspetor Paulo Brito lembrou que, após passar por seleção, os guardas participam de forma voluntária do curso. Ele ainda frisou a importância de atividades como a deste sábado para operações especiais.

“A equipe está sendo capacitada para qualquer tipo de adversidade, aprendemos técnicas de abordagem, segurança de autoridade, defesa pessoal. Eu já fazia parte da Guarda na tragédia do Bumba, e acho que poderíamos ter ajudado mais nos resgates se na época já estivéssemos aptos para o rapel, por exemplo”, defendeu.

A especialização visa preparar guardas para atender ocorrências de alta complexidade, como atividades de risco em áreas urbanas, atuar nas missões e atividades desempenhadas pela Coordenadoria de Ações Táticas (CAT), apoiar todas as demais coordenadorias especializadas e regionais da Guarda Municipal de Niterói e também a outros órgãos municipais, como a Defesa Civil, em casos de emergência. A atividade contou com quatro monitores, entre eles, o cabo Abud, do Centro de Operações Táticas (CAT).

“Os alunos passaram por um exercício em um rapel de 38 metros de altura. Todos com desempenho excepcional, preparados para chegada em situações de risco”, elogiou.

Durante os trinta dias do Curso de Especialização em Ações Táticas, os agentes estão trabalhando tanto a parte física como psicológica. Os treinamentos incluem, entre outros, resistência na mata, utilização de equipamentos tecnológicos e técnicas diversificadas que podem ser utilizadas no dia a dia da Guarda, e estão sendo realizados em diversos pontos de Niterói e Rio de Janeiro.

A capacitação faz parte do Programa de Qualificação Permanente da Guarda, que está sendo implantado pela Diretoria de Ensino e Pesquisa da Seop com orientação de especialistas com experiência em situações de crise, e a forma estratégica de atuação. O corpo docente tem também a participação de médicos, psicólogos, bombeiros militares, integrantes do SAMU e do Grupamento Aeromóvel da Polícia Militar (GAM).

Além disso, aprimoram a capacitação técnica, física e psicológica para cumprir missões de natureza não convencional, que exijam comportamento e habilidades específicas. São testadas a capacidade de resistência à fadiga muscular, também chamada de fadiga física, a fadiga mental ou psicológica e a fadiga sensorial. Ao longo do curso será ministrado condicionamento para o cumprimento às ordens, demonstrando disciplina, espírito de equipe e controle emocional acima da média.

SEOP e Guarda Civil Municipal de Niteroí iniciam Operação Verão

 

Com objetivo de coibir irregularidades de trânsito e de ordem pública, que aumentam no verão, quando o número de frequentadores das praias de Niterói praticamente triplica, a Secretaria de Ordem Pública deu início na quinta-feira (02/11) feriado de finados a tradicional Operação Verão em 13 praias do município.

O secretário municipal de ordem pública Gilson Chagas afirmou que a fiscalização nas praias irá aumentar para garantir o lazer dos banhistas.

“Vamos coibir o estacionamento irregular de carros e motos, manter as vias livres para garantir a fluidez do trânsito, orientando comerciantes e ambulantes para não ocuparem as vias litorâneas, ordenar os espaços destinados aos ônibus circulares, coibir a ação de flanelinhas e ambulantes ilegais, fiscalizar veículos de excursão e a ocupação irregular do espaço público”, afirma Chagas.

 

 

 

 

Pesquisadores da Unilasalle apresentam pesquisa sobre a Guarda Civil Municipal de Niterói

 

 

 

Pesquisadores do curso de Administração do Centro Universitário La Salle estiveram na Cidade da Ordem Pública, nesta quarta-feira (20/09), para apresentar um trabalho de escuta realizado em todos os setores da Guarda Civil Municipal de Niterói com o objetivo de destacar os pontos fortes e fracos da Instituição para que possa melhorar ainda mais sua atuação operacional e administrativa.

As pesquisadoras percorreram todos os postos e Coordenadorias da Guarda Civil Municipal perguntando aos servidores sobre a metodologia do serviço e pediu que destacassem os pontos fortes e fracos da sua atuação.

“Este trabalho de escuta é muito importante para a Guarda Civil Municipal. Um olhar externo pode nos fazer enxergar algo que, para nós, profissionais de segurança pública, profissionais de uma área dinâmica em que as mudanças na atuação são repentinas, passaria despercebido ou que poderia ser reajustado”, explicou o secretário de Ordem Pública, Gilson Chagas.

Orientadas pelo professor de Administração da Unilasalle, Jorge Bezerra, as pesquisadoras Milena Pereira da Silva, Débora Gonçalves de Souza e Thaís Andrade Ferreira de Souza, apresentaram o resultado da pesquisa ao secretário de Ordem Pública, Gilson Chagas, ao diretor do Departamento de Ensino e Pesquisa, Francisco Lima Torres e aos Graduados da Guarda Civil Municipal, comandantes das Regionais e Coordenadorias da Guarda.

Após a exposição da pesquisa foi aberto debate para que os presentes pudessem discutir formas de aprimoramento do serviço e atendimento dos anseios dos diversos setores da Guarda Civil Municipal.

 

 

 

A Guarda Civil Municipal rouba a cena no desfile de 7 de setembro

 

A atuação da tropa mirim da Guarda Civil Municipal de Niterói, formada por filhos e netos de servidores, causou frisson naqueles que foram assistir ao desfile de sete de setembro na Avenida Ernani do Amaral Peixoto.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

 

 

 

Guarda Civil Municipal é destaque na Corrida Social

 

 

A equipe de atletismo da Guarda Civil Municipal de Niterói participou, neste domingo (03/09), de mais uma etapa da Corrida Social de Niterói. Desta vez, o evento, que destina parte das inscrições para auxílio de Instituições filantrópicas e assistenciais, auxiliará o Núcleo de Mastologia do Hospital Antônio Pedro, chamando atenção para a campanha Outubro Rosa, relativa à luta contra o câncer de mama. Mais de 20 agentes da Guarda Civil Municipal de Niterói participaram do evento, que contou com a presença do secretário de Ordem Pública, Gilson Chagas e do Inspetor Geral da Guarda Civil Municipal Leandro da Vitória Nunes.

Equipe de Corrida da Guarda Civil Municipal de Niterói marca presença em corrida em Petrópolis.

 

Os atletas participaram da etapa Corrida do Bem, neste domingo (20/08) em Petrópolis. 14 atletas da Equipe mostraram desenvoltura e disposição e completaram cinco 5km de corrida pelas ruas da Cidade Imperial. Participaram do evento: GCMN Jovane, GCMN Kátia Bastos, GCMN Jocecyres, GCMN Sirlea, GCMN Rodrigues, GCMN Roberta, GCMN Marcilene, GCMN Giselle, Subinspetora GCMN Juliana, GCMN Borba, GCMN J. Gouvêa, GCMN Tânia, GCMN Luis Sousa e Coordenador SEOP Mattos.

 

 

 

Guarda capacita 91 servidores em Gestão e prefeito Rodrigo Neves anuncia consulta popular para o armamento.

 

A Prefeitura de Niterói fará uma consulta pública no dia 29 de outubro, para saber a opinião dos moradores da cidade sobre o armamento da Guarda Municipal. O anúncio foi feito pelo prefeito Rodrigo Neves durante a formatura de 91 guardas no Curso de Qualificação Profissional (CQP), na Cidade da Ordem Pública, no Barreto, nesta terça-feira (8/8).

valendo cqp forma

Prefeito recebe homenagem da Guarda.

Poderão participar da consulta pública todos os moradores da cidade que estiverem com seus direitos eleitorais assegurados na data da consulta. “O cidadão de Niterói será convidado a participar da consulta pública que a Prefeitura, de forma democrática, vai fazer para decidir sobre o novo papel que a Guarda Municipal deve exercer diante dos desafios da segurança pública”, disse o prefeito.

Rodrigo Neves destacou os investimentos feitos na Guarda Municipal nos últimos anos, com ênfase na formação e treinamento dos agentes, o que qualifica a corporação para novos desafios.

“Essa é uma decisão muito estratégica e muito importante para Niterói. A Guarda não substituiria a Polícia Militar no confronto direto à criminalidade, ao tráfico de drogas. Ela faria aquilo que a Polícia Militar deixou de fazer na cidade por falta de efetivo, por falta de infraestrutura, que é a ação ostensiva nos locais de grande movimentação da cidade e nos bairros, para que a gente tenha uma Niterói melhor para se viver e ser feliz”, enfatizou.

Formação – O Curso de Qualificação Profissional, com ênfase em gestão e estratégia, teve carga horária de 336 horas e foi destinado aos guardas que têm entre 10 e 20 anos de efetivo serviço. Os agentes aprenderam sobre gestão de conflitos, conhecimento do espaço urbano, o papel dos movimentos sociais, sistemas de inteligência, saúde física e mental, entro outros temas. Participaram da formação 88 guardas de Niterói, dois de Rio Bonito e um de Silva Jardim.

IMG_20170808_101220_HDR

O inspetor geral, Leandro da Vitória Nunes; O secretário de ordem pública, Gilson Chagas; o prefeito Rodrigo Neves e o presidente da Câmara, Paulo Bagueira, cumprimentando convidados.

“A Guarda Municipal passa por um novo momento. Ganhamos uma nova sede com a construção da Cidade da Ordem Pública, tivemos nosso efetivo dobrado e estamos apostando na qualificação dos nossos agentes com a realização de cursos como este, que tem um corpo docente de excelência formado por mestre e doutores. Uma guarda de excelência não se ganha, se constrói. E é isso que estamos fazendo. Até 2020, chegaremos a mil guardas na cidade, que é o limite permitido”, disse o secretário municipal de Ordem Pública, Gilson Chagas.

IMG_20170808_102214_HDR

O secretário de ordem pública, Gilson Chagas, discursa durante a formatura.

Os guardas que receberam certificado e têm mais de 10 anos de serviço poderão concorrer aos cargos de coordenador e subinspetor, e aqueles com mais de 20 anos, poderão concorrer a cargos de inspetor, inspetor adjunto e inspetor geral.

Há 15 anos na Guarda e atualmente comandando o Centro de Operações Táticas (CAT) da corporação, Paulo Brito foi o primeiro colocado no CQP 2 com nota 9,52. O agente ressaltou a importância da qualificação para sua trajetória na instituição.

“Esta iniciativa é muito importante para a cidade. Com esses cursos, ganhamos nós profissionais e também a população, que passa a contar com guardas muito mais bem preparados nas ruas”, afirma Brito, que agora pretende conquistar uma vaga de inspetor.

Ao fim do curso, os participantes realizaram exame intelectual e elaboração de artigo científico voltado a apresentar soluções para problemáticas diárias na rotina de uma Instituição de Segurança Pública como a Guarda Municipal de Niterói. Primeiro colocado no CQP 1, com nota 9,80, Marcelo Xavier, há 15 anos na Guarda, apresentou um projeto que tem como objetivo a maior integração da instituição com a sociedade através da prática esportiva.

“Este é um trabalho pioneiro. É fundamental esta valorização do profissional. Já espero pelo próximo curso. As aulas ajudaram muito para melhorar meu desempenho, principalmente na área de gerência”, conta Xavier.

IMG_20170808_095605_HDR

subinspetor Paulo Brito e coordenador Marcelo Xavier, primeiros colocados de seus cursos.

Troca de Experiência – O curso de qualificação também recebeu guardas de outros municípios: dois de Rio Bonito e um de Silva Jardim. Nilson Vital foi um deles. Há 12 anos atuando na Guarda de Rio Bonito, este foi o primeiro curso de qualificação com grade curricular mais amplo que participou. “Esta experiência foi muito produtiva. Espero que novas parcerias sejam firmadas e que outros integrantes da instituição também possam participar desta qualificação. Neste momento, serei um multiplicador levando esses conhecimentos adquiridos no curso para o trabalho na minha cidade”, finalizou.

 

 

 

 

Servidores da Guarda Civil de Niterói participam de workshop sobre artes marciais na defesa pessoal.

 

O evento foi promovido pela GM-Rio e contou com a presença de instrutores da própria GM, além de policiais civis,  policiais militares e bombeiros.

 

 

 

 

Coordenadoria de Meio Ambiente da Guarda conclui curso de manejo de animais marinhos

 

 

A Coordenadoria de Meio Ambiente (CMA) da Guarda Civil Municipal de Niterói concluiu, nesta quarta-feira(12), em Araruama, o Curso de Estabilização de Animais Marinhos Debilitados. O curso foi ministrados por biólogos do Centro de Tratamento de Animais (CTA). Durante o curso, os agentes aprenderam as melhores técnicas de manejo para resgate de aves marinhas, tartarugas, golfinhos baleias e, até mesmo, leões marinhos.

 

 

Guarda marca presença com atuação em  diversos eventos espalhados pela cidade.

Festejos de São João, no Horto do Fonseca, em Itaipu e Arraiá em Icaraí. Além disso, na praia de São Francisco, show da Banda Barão Vermelho teve presença constante da Guarda Civil Municipal e das câmeras do Centro Integrado de Segurança Pública (CISP), através de sua unidade móvel.

 

Guarda Civil Municipal presente nos festejos de São Pedro, em Jurujuba.

 

Guarda prende, em flagrante, o homem armado acusado de tentativa de homicídio.

 

 

Após um acidente, envolvendo dois veículos, por volta uma hora da manhã desta segunda-feira (26), no cruzamento das Ruas São João e Visconde de Sepetiba, no Centro de Niterói, um homem se aproveitou do ocorrido e furtou um dos veículos, um Volkswagen Jetta de cor prata e, em seu interior, encontrou uma pistola. O proprietário do outro veículo, um Honda Civic de cor branca, ao perceber a ação do marginal, tentou impedi-lo e acabou sendo alvejado por quatro tiros. No momento da ação o proprietário do Jetta estava na delegacia comunicando o acidente.

A Coordenadoria de Ações Táticas (CAT) da Guarda Civil Municipal, que se deslocava ao local para dar apoio no local do acidente, foi informada da tentativa de homicídio e, após buscas na região, conseguiu deter o autor dos disparos na Rua Barão do Amazonas. O homem havia colocado a pistola dentro de uma sacola plástica e no momento da abordagem não ofereceu resistência.

O suspeito foi encaminhado para 77ª DP, em Icaraí, e autuado por tentativa de homicídio. O proprietário do Honda Civic, baleado, foi encaminhado para o Hospital Azevedo Lima em estado grave.

 

 

Proteção Animal: O papel da Guarda Civil Municipal de Niterói.

IMG_20170607_102645.jpg

 

O Coordenador dos Direitos dos Animais da Prefeitura de Niterói, Daniel Marques, e o Diretor de Proteção Animal da Secretaria de Meio Ambiente Recursos Hídricos e Sustentabilidade (SMARHS), Marcelo Pereira, estiveram nesta quarta-feira (07/06), no auditório Antônio Cláudio Nogueira, na Cidade da Ordem Pública, no Barreto, ministrando uma palestra sobre o papel da Guarda Civil Municipal de Niterói na proteção animal.

Na plateia, guardas civis municipais da Coordenadoria de Meio Ambiente (CMA); da Coordenadoria de Ações Táticas (CAT); além de guardas civis municipais que atuam diariamente em praças e parques do município, como o Campo de São Bento, receberam orientações acerca das legislações municipais, estaduais e federais que amparam os direitos dos animais. Os agentes puderam, através de exemplos, sanar suas dúvidas quanto a atuação da Instituição em caso de abandono e maus tratos de animais flagrados pelos agentes ou recebidos através de denúncias.

Durante a palestra, o coordenador Daniel Marques orientou os agentes, principalmente, sobre o abandono de animais, que por lei é considerado maus-tratos, e da venda de animais em logradouro público, também proibida por lei. Além disso, o Coordenador anunciou que a Guarda Civil Municipal terá a oportunidade, ainda este ano, de participar de dois cursos inéditos para guardas: Capacitação e Manejo de Animais Silvestres e o Curso de Formação de Oficiais de Controle Animal (FOCA), ambos ministrados por Biólogos e Veterinários. Após a formação, os agentes serão cerificados e contemplados com um brevê de Proteção Animal.

SEOP realiza ações de fiscalização.

Equipes da Guarda Civil Municipal, da Secretaria de Ordem Pública (SEOP), com apoio da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos e da Clin  realizaram, na manhã desta quarta-feira (7/6), uma ação de retirada de entulhos, que estavam obstruindo o passeio público e a rua Doutor Otávio Lengruber, em Santa Rosa, Niterói. De acordo com testemunhas, um morador da localidade acumulava diversos objetos dentro e fora da residência.

FiscalizaçãoFiscalização 2

Na parte da tarde, a equipe da Subsecretaria Operacional da Seo, em patrulhamento de rotina, realizou fiscalização em estabelecimentos comerciais da orla de Charitas. Em um dos quiosques fiscalizados foi constatado um número de mesas e cadeiras superior ao permitido. O estabelecimento foi multado.

WhatsApp Image 2017-06-07 at 16.04.21

Workshop sobre videomonitoramento e Segurança Pública

Nesta terça-feira (30/05), foi realizado um Workshop sobre Videomonitoramento e Segurança Pública, no auditório Antônio Cláudio Nogueira, na Cidade da Ordem Pública, no Barreto. O evento faz parte de um dos produtos da cooperação técnica firmada entre o Observatório de Segurança Pública de Niterói e a Universidade Federal Fluminense.

A pesquisadora Irme Salete Bonamigo, idealizadora do evento, é da Universidade de Chapecó e participa de um programa de Pós-Doutorado da URFJ. Ela realizou pesquisa no Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) de Niterói, no Centro de Monitoramento de Chapecó e também em Bruxelas, na Belgica.

A Guarda Civil Municipal de Niterói marca presença na sétima edição da Corrida Social.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mais uma vez a Guarda Civil Municipal marcou presença na Corrida Social. Estiveram presentes 34 guardas civis municipais de Niterói, nove do Rio, além do Secretário de Ordem Pública de Niterói, Gilson Chagas. Nesta 7ª edição do evento, 20% do valor arrecadado em inscrições serão revertidos para uma instituição de caridade a ser escolhida por meio de voto dos participantes da corrida.Os inscritos tiveram que optar por corre 4,8km ou 9km. A largada ocorreu em frente ao campus da UFF gragoatá e o percurso se estendeu até o MAC e retornando até a Concha Acústica.

 

 

 

Mais de 10 mil atendimentos pelo 153.

153

Desde que foi incorporado ao Centro Integrado de Segurança Pública (CISP), em janeiro do ano passado, o número de atendimentos do serviço de chamada de emergência, 153, da Guarda Civil Municipal de Niterói, vem sendo cada vez mais procurado, totalizando 10.619 ligações até 31 de março de 2017. Para se ter uma ideia, em março de 2016 foram 454 atendimentos, já em março de 2017, o número chegou a 1.131, o que representa um aumento de 149,1%. E a expectativa é que o número de atendimentos cresça ainda mais.

“Estamos realizando contato com a Secretaria de Estado de Segurança e o Comando da Polícia Militar para que o Centro de Operações da PM que atende Niterói e Região passe a operar dentro do CISP. A melhor forma de propaganda do Centro integrado é o atendimento que é feito. Os números mostram que a população, quando experimenta o serviço, tem suas demandas atendidas. É isso que traz credibilidade e faz com que o sistema de atendimento cresça a cada dia”, disse o Secretário de Ordem Pública, Gilson Chagas.

De acordo com dados da Secretaria de Ordem Pública, de janeiro de 2016 a março de 2017, a liderança do ranking de atendimentos é de ocorrência de trânsito, com 3.310 (31,17 %) ligações. A maioria dessas ocorrências é de estacionamento irregular, mas também há demandas de carro abandonado e acidentes.

Além das ocorrências de trânsito, também se destacaram as de ordem pública, que englobam obstrução de calçadas, ambulantes irregulares, entre outras, com 1.228 (11,56%). Há também um grande número de ligações para ocorrências ambientais, principalmente para resgate de animais, com 1.103 (10,38%). Já questões criminais contabilizaram 657 ocorrências (6,18%).

O serviço é extremamente dinâmico, pois a ligação é atendida no Cisp, que integra, em um só lugar, diversos órgãos municipais e estaduais prontos para recepcionar as chamadas e encaminhá-las diretamente para o órgão competente. Agentes da Guarda Civil Municipal, Polícia Militar e NitTrans atuam 24 horas no Centro Integrado.

Além disso, o órgão tem linha direta com Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e órgãos estaduais. Com esse serviço, é possível atender uma ocorrência, encaminhar para instituição correspondente e, com o auxílio das câmeras do CISP, passar a situação de momento no local fato. Como a ocorrência atendida pelo coordenador de equipe do CISP, o guarda civil municipal Fernando Dias.

“Uma senhora observou um cidadão em atitudes suspeitas na Rua Manoel Pacheco de Carvalho, em Itaipu. Ela ligou para o 153 e disse ter visto esse homem, que aparentava ser menor de idade, jogando uma sacola no canto da calçada. Nós informamos a Polícia Militar e fizemos buscas nas proximidades do local denunciado. O indivíduo já tinha fugido, mas encontramos dentro da sacola um carregador de pistola 9 milímetros municiado, dois cartuchos de escopeta calibre 12, um rádio transmissor e algumas bombinhas. O fato foi encaminhado para 81ª DP”, contou Fernando Dias.

Também por conta de uma ligação para o serviço de emergência 153, a Polícia Militar conseguiu recuperar um veículo roubado.  De acordo com agentes da Guarda Civil Municipal que estavam de plantão no Centro Integrado de Segurança Pública (CISP), houve uma denúncia sobre quatro elementos em uma Chevrolet Spin branca. Imediatamente os PMs que estavam de plantão no CISP informaram a ocorrência para as equipes das ruas. Momentos depois uma guarnição avistou um veículo com as mesmas características da denúncia, no Largo da Batalha, seguindo em direção a Estrada Caetano Monteiro. Houve uma perseguição até as proximidades de Campo Novo, em Maria Paula, onde os suspeitos entraram em uma rua. Para evitar confrontos, a polícia não entrou na localidade. Apesar disso, pouco tempo depois houve a informação que o carro teria sido abandonado. A PM procedeu ao local e recuperou o veículo.

O serviço de atendimento pelo número 153 é bastante amplo. O cidadão pode acionar o número em casos de denúncia de ordem criminal, como roubos e furtos; ambiental, como resgate de animais; ordenamento urbano, fiscalização de posturas, pessoa suspeita, trânsito.

Guarda de Niterói faz campanha para doação de medula óssea

IMG_2190

A Guarda Civil Municipal de Niterói entrou na campanha para encontrar um doador de medula compatível com a menina Ananeris dos Santos, de cinco anos, que sofre de leucemia linfoide aguda (LLA). De acordo com Alex Lemos, que contou a história da menina para os agentes municipais, o doador compatível é encontrado em um a cada 100 mil.

“Estou percorrendo alguns lugares de Niterói para fazer a mobilização pela doação de medula para a Ananeris. Tenho certeza que com as doações ela vai conseguir um doador compatível e realizar o transplante”, disse Alex.

Passo a passo para se tornar um doador

Qualquer pessoa entre 18 e 55 anos com boa saúde poderá doar medula óssea. Esta é retirada do interior de ossos da bacia, por meio de punções, e se recompõe em apenas 15 dias.

Os doadores preenchem um formulário com dados pessoais e é coletada uma amostra de sangue com 5ml para testes. Estes testes determinam as características genéticas que são necessárias para a compatibilidade entre o doador e o paciente.

Os dados pessoais e os resultados dos testes são armazenados em um sistema informatizado que realiza o cruzamento com dados dos pacientes que estão necessitando de um transplante.

Em caso de compatibilidade com um paciente, o doador é então chamado para exames complementares e para realizar a doação.

Tudo seria muito simples e fácil, se não fosse o problema da compatibilidade entre as células do doador e do receptor. A chance de encontrar uma medula compatível é, em média, de uma em cem mil!

Por isso, são organizados Registros de Doadores Voluntários de Medula Óssea, cuja função é cadastrar pessoas dispostas a doar. Quando um paciente necessita de transplante e não possui um doador na família, esse cadastro é consultado. Se for encontrado um doador compatível, ele será convidado a fazer a doação.

Para o doador, a doação será apenas um incômodo passageiro. Para o doente, será a diferença entre a vida e a morte.

A doação de medula óssea é um gesto de solidariedade e de amor ao próximo.

É muito importante que sejam mantidos atualizados os dados cadastrais para facilitar e agilizar a chamada do doador no momento exato. Para atualizar o cadastro, basta preencher este formulário.

 

Seop e Guarda participam de ação integrada no Centro de Niterói.

Quatro pessoas foram presas pois havia mandado de prisão contra elas.

Ação

A Secretaria de Ordem Pública de Niterói, a Guarda Civil Municipal, a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), agentes da 76ª DP e policiais militares do 12ª BPM, realizaram uma ação conjunta no fim da noite desta quarta-feira (12/4) e durante a madrugada desta quinta-feira (13/4), no Centro de Niterói. O objetivo da medida foi abordar e identificar pessoas em situação de rua no Centro de Niterói.

Ao todo 75 pessoas foram conduzidas para delegacia, para identificação. Dessas, quatro maiores foram presas, pois tinham mandados de prisão contra elas, um menor ficou apreendido, pois tinha mandado de busca e apreensão e um adolescente foi encaminhado a Delegacia de Homicídios, pois havia um registro de desaparecimento dele registrado pelos pais.

 

 

Secretaria de Ordem Pública realiza Choque de Ordem na Avenida Central

A Secretaria de Ordem Pública mobilizou, na manhã desta quinta-feira (6/4), equipes da Fiscalização de Posturas, da Guarda Civil Municipal, da Clin, além de agentes da própria secretaria, para uma grande operação de ordenamento público na Avenida Central, em Itaipu.

Após diversas denúncias de irregularidades e desordem urbana, fiscais de posturas emitiram 12 intimações a estabelecimentos comerciais que expunham mercadorias e placas de publicidade sobre as calçadas.

“O ordenamento urbano é um dos principais objetivos da nossa gestão. O nosso objetivo é continuar realizando ações de choque de ordem em outros pontos da cidade. É importante garantir a livre circulação das pessoas pelo espaço público”, afirmou o secretário de Ordem Pública Gilson Chagas.

Durante a operação as equipes orientaram e notificaram comerciantes. Da mesma forma agiram os agentes da coordenadoria de trânsito, orientando e autuando motoristas estacionados sobre as calçadas.

Estacionamento – Na parte da tarde, equipes da Guarda Municipal e da Seop percorreram as ruas do Centro de Niterói com objetivo de reprimir estacionamento irregular de motocicletas. Na ocasião, três veículos foram rebocados por descumprimento da lei de trânsito e encaminhados para o Pátio Legal.

Moto1

Guardas de Niterói se destacam na VI Semana Olímpica da GCM – Rio

Olimpíada 3

A Guarda Civil Municipal de Niterói encerrou nesta quinta-feira (31/03) sua participação na VI Semana Olímpica, que celebrou o 24º aniversário da Guarda Municipal do Rio de Janeiro. Durante a semana foram realizadas competições de futsal, voleibol, jiu-jítsu, handebol e cabo de guerra, sob a coordenação da Comissão Desportiva.

A GCM Niterói participou da Semana olímpica em três modalidades: futsal, jiu-jítsu e cabo de guerra. A equipe de futsal foi eliminada. Já a equipe de jiu-jítsu, que contou com sete guardas, conseguiu conquistar três medalhas, uma de bronze, uma de prata e uma de ouro, com o GCM Thiago de Oliveira Ferreira.

No cabo de guerra, mulheres e homens que brigaram com todas as suas forças em busca do troféu. Além de garantir a terceira posição, os guardas de Niterói trouxeram na bagagem ainda mais união.

As provas foram realizadas na sede da Guarda Municipal (Avenida Pedro II, 111, em São Cristóvão). O evento foi criado em 2010, sob influência da escolha do Rio de Janeiro como cidade-sede dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, para estimular a prática esportiva entre os guardas.

Guarda Civil Municipal de

Niterói está de luto

O inspetor adjunto da instituição, Antônio Claudio Nogueira, morre aos 49 anos, vítima de câncer.

Nogueira 1

     A Guarda Civil Municipal de Niterói está de luto. Um guerreiro, que estava internado no Hospital Orêncio de Freitas, no Barreto, morreu na madrugada desta sexta-feira (24/3/2017) aos 49 anos. Antônio Cláudio Nogueira, que atualmente respondia pela inspetoria adjunta da instituição, era muito querido entre os colegas, secretário, subsecretários e pela população, pois desde o início de sua carreira como guarda municipal, em 2002, honrou sua instituição e trabalhou bravamente pela ordem pública e segurança pública do município.

   Nogueira, como era conhecido, durante os 15 anos em que abraçou a Guarda Civil Municipal, recebeu diversos elogios e honras pelo trabalho desempenhado. Ele era tão apaixonado pela profissão que fazia questão de treinar todas as turmas do Curso de Formação Profissional.

     Com certeza um homem íntegro que vai fazer muita falta não só aos filhos e familiares, como também a instituição e a população de maneira geral.

     “Essa madrugada perdemos um grande guerreiro. O inspetor Nogueira era um exemplo de dedicação, determinação e lealdade. Quero dar meu testemunho de como este homem lutou nesta vida. Na verdade, o conheci no último ano, mas o admiro por tudo que fez, desde as lutas pessoais até a busca pelo crescimento da guarda civil municipal. Sentiremos sua falta. Descanse em paz guerreiro”, disse o secretário de Ordem Pública, Gilson Chagas.

     O inspetor Geral da Guarda Municipal de Niterói, Leandro da Vitória Nunes, também lamentou a perda do amigo.

     “Nogueira era uma pessoa maravilhosa, um guarda atuante e um inspetor excelente. Era um homem de um coração grande, que honrou nosso uniforme e nossa instituição. A Guarda Civil Municipal de Niterói perde um guerreiro, companheiro e amigo, perde um guarda que sempre lutou pela melhoria da instituição. Tenho certeza que hoje estás com Deus, ao lado de São Jorge, de quem era devoto, sendo mais um guerreiro”, lamentou.

Guarda Municipal acolhe cinco menores em casa abandonada na Roberto Silveira

       Somente esse ano, a Guarda Civil Municipal, através da Coordenadoria de Assistência Social, já realizou três ações conjuntas envolvendo a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH) e a Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (Seconser) no imóvel de número 550 da Avenida Roberto Silveira. De acordo com denúncia de moradores do entorno do imóvel, o local estava sendo utilizado como ponto de consumo  e venda de drogas.  Inclusive, em uma dessas ações, a Guarda Municipal encontrou um simulacro de arma de fogo escondida no imóvel.

    Na tarde da última terça-feira (21/03), a Coordenadoria de Ações Táticas (C.A.T) da Guarda foi informada sobre a presença de menores no imóvel. Ao entrar na casa, os agentes encontraram cinco menores de idade, sem documentação e sem a presença dos responsáveis. Desta forma, os agentes os encaminharam ao Conselho Tutelar.

      A Prefeitura de Niterói, através da Seconser está fazendo a limpeza do local e fechando portas e  janelas com tijolos.

Guarda Municipal é homenageada no Dia Internacional da Mulher

Homenagem 2Homenagem 1

Nesta quarta-feira (8/3) integrantes da administração municipal foram homenageadas no Teatro Popular Oscar Niemeyer, pelo Dia Internacional da Mulher. A guarda civil municipal Bianca da Silva Motta, de 36 anos, foi a responsável por agradecer a homenagem em nome das mulheres. Ela faz parte da Coordenadoria de Ações Táticas (C.A.T), da Guarda Municipal, atuando na rua e observa em seu dia a dia as dificuldades enfrentadas pelas mulheres, mas enxerga em Niterói um perfil diferente dos cidadãos.

“Não podemos dizer não passamos por situações de conflito durante o trabalho, mas normalmente o niteroiense é muito educado e quando sinalizamos com algo procuram atender quando se deparam com guarda feminina. Do contrário, agimos com educação e firmeza se for necessário e dá tudo certo”, ensina Bianca.

Durante a homenagem de hoje, 36 funcionárias que representam todos os setores da Prefeitura, receberam um diploma que exalta a importância da presença feminina em todos os níveis do governo, além de flores.

Guarda Civil Municipal inicia patrulhamento em bicicletas pelas ruas de Niterói.

A Guarda Civil Municipal de Niterói, a partir do dia 20 de fevereiro, vai intensificar o patrulhamento de bicicleta nos bairros de Jardim Icaraí, São Francisco, Ingá e Centro. Cerca de 20 guardas estão em treinamento ministrado por policiais do Batalhão em Áreas Turísticas (BPTur), da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ) e vão reforçar o efetivo, que atualmente conta com 12 agentes.

Durante o curso, os Guardas Municipais aprenderam técnicas de abordagem, regras de circulação, direção defensiva, métodos de defesa pessoal, pronto socorro e manutenção de bicicletas. Esta forma de patrulhamento visa prevenir a prática de delitos de forma rápida, principalmente roubos de rua, aumentando também a sensação de segurança da população.

“O ciclo patrulhamento é o meio termo entre o patrulhamento a pé e o realizado com viaturas. Além de conseguir atingir um campo maior de atuação, tem maior proximidade com a população. Em casos de roubo, por exemplo, caso o suspeito fuja pela conta mão, o guarda estando na bicicleta, facilita a abordagem”, explicou o tenente Santana, um dos instrutores do curso.

Atualmente, Niterói conta, aproximadamente, com 30 quilômetros de malha. O patrulhamento realizado por bicicleta proporciona um cenário de menor degradação nas cidades, trazendo maior sensação de segurança. O guarda municipal em bicicletas agrega uma mobilidade que cobre em média uma área de patrulhamento maior do que o efetivo a pé, sendo assim, uma excelente opção.

“O ciclo patrulhamento dá mais mobilidade à Guarda Municipal para atingir determinada região com eficiência. Além disso, tem tudo a ver com uma cidade que a cada dia vem aumentando o número de ciclovias e ciclofaixas na cidade”, disse o Secretário de Ordem Pública, Gilson Chagas.

O aumento do patrulhamento ciclístico em Niterói é mais uma medida que está sendo possível por conta do investimento que o Poder Executivo vem fazendo na Guarda Civil Municipal. Até 2014, quando foi realizado o concurso público, a instituição contava com apenas 280 servidores e hoje esse número está próximo a 600. Além disso, o município de Niterói é o único do Estado que instituiu, por lei, o Regime Adicional de Serviço (RAS), que remunera o servidor que se voluntaria a trabalhar em seu dia de folga.

Guarda Civil Municipal marca presença

na 6ª edição da Corrida Social

A 6ª edição da Corrida Social, realizada neste domingo (29/01), com largada na Universidade Federal Fluminense (UFF), Campus Gragoatá, contou com representantes da Guarda Civil Municipal (GCM) e da Secretaria de Ordem Pública (SEOP) de Niterói, inclusive o secretário Gilson Chagas. Nesse ano os inscritos para o evento escolheram para quem devem ser doados 20% da quantia arrecadada (instituições de adoção, animais, saúde ou educação).

img_7093

O secretário de Ordem Pública comemorou a boa participação dos Guardas e da equipe Seop. “Atividades físicas como essa promovem a integração entre a população de Niterói e sua força de Segurança. É uma corrida tradicional na cidade, com grande número de inscritos”, disse.

O evento tem como percursos dois trajetos: 4,8 quilômetros e 9 quilômetros, saindo e chegando da altura do Bloco H da Campus do Gragoatá da UFF. Todos os participantes que cruzaram a linha de chegada receberam medalhas e os três primeiros colocados nas categorias descritas no regulamento, divididos por sexo, receberam troféus diferenciados. A Corrida Social também premiou a equipe com maior número de integrantes.

img_6969img_6970img_6972

Guarda Civil Municipal de Niterói recebe 20 bicicletas para patrulhamento

img_1757

A Guarda Civil Municipal (GCM) recebeu, nesta quinta-feira (26/01), 20 novas bicicletas doadas que farão parte do processo de expansão do esquema de patrulhamento ciclístico praticado em Niterói. O objetivo da instituição é a criação de uma Coordenadoria de Ciclopatrulhamento, dando mais agilidade às ações.

Duplas de guardas ciclistas atuarão, principalmente, no Centro, Ingá, Icaraí, Jardim Icaraí e São Francisco, zonas apontadas pela mancha criminal como áreas de grande incidência de roubos de rua.

“Já fazia parte dos nossos planos a criação de uma Coordenadoria de Ciclopatrulhamento da Guarda. Niterói, hoje, possui uma grande malha cicloviária, e isto trará maior agilidade nas ações de patrulhamento, atendimento de ocorrências e abordagens realizadas pelas duplas de guardas ciclistas”, afirmou Gilson Chagas, secretário de Ordem Pública de Niterói.

Antes de iniciarem o patrulhamento pelas ruas da cidade, os novos guardas ciclistas passarão, em fevereiro, por um curso de ciclopatrulhamento, oferecido pelo Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPTur) da PMERJ, até estarem aptos a integrar a Coordenadoria de Ciclopatrulhamento da Guarda Civil Municipal.

A doação das 20 nova bicicletas foi uma iniciativa da Rede de Supermercados Real, objetivando o auxílio ao patrulhamento preventivo nas ruas da cidade.

praiapraia2

Niterói tem fim de ano com segurança.

Guarda Municipal contou com 407 agentes no dia 31 de dezembro.

Hoje é o dia da Briosa. Parabéns, Guarda Civil Municipal de Niterói, pelos seus 79 anos. Proteção é o nosso ideal.

Diário Oficial de 28/12/1937

d-o-criac3a7c3a3o-gcm-fls-2

Guarda Civil de Niterói sobe ao pódio na Corrida de São Garrafa

Mais uma vez a Guarda Civil Municipal de Niterói é destaque no circuito de atletismo de Niterói. O Guarda Civil Municipal Jovane  Gonçalves, desta vez, na Corrida de São Garrafa, conquistou o segundo lugar no pódio com a marca de 21 minutos e 29 segundos, no percurso de 5 km.

As GCM’s femininas Cristina e Kátia Bastos, que também fazem parte da equipe de esportes da Guarda Civil Municipal de Niterói, participaram do evento  e alcançaram as seguintes marcas: 31 minutos e 54 segundos (20º lugar) e 40 minutos e 42 segundos(53º lugar), respectivamente.

A corrida de São Garrafa, que está incluída no calendário de esportes do município, teve como cenário a Região Oceânica da cidade, mais precisamente Piratininga. O evento, que acontece anualmente , no ano que vem, será realizado no último domingo antes do Natal.

  Ação inédita na cidade marca intensificação de estratégias para combater a criminalidade em Niterói

Operação que uniu Guarda Municipal, Policia Militar e Polícia Civil vai continuar.

img_20161216_113304963

Uma ação inédita na cidade marcou nesta manhã (16- 12), o início operacional da integração das forças de segurança de Niterói com a realização de uma operação conjunta em todo o Complexo da Viradouro, envolvendo a Polícia Militar, Polícia Civil e a Guarda Civil Municipal. A ação ocorreu na mesma semana em que o prefeito Rodrigo Neves anunciou a intensificação e interação das estratégicas conjuntas, com o objetivo de diminuir os índices de criminalidade na cidade. O chefe do Executivo que dentre outras medidas já garantiu a aplicação de 10 milhões para ajudar o estado no combate à violência em convênio de cooperação técnica que será assinado nos próximos dias.

O aparato envolvido na operação contou com 60 policiais militares, 32 guardas municipais e cerca de 15 policiais civis. Cada força de segurança trabalhou dentro de suas atribuições, com a PM atuando no confronto com traficantes, a Polícia Civil no cumprimento de mandatos de prisão e a Guarda Municipal no bloqueio de trânsito para evitar orientar moradores e transeuntes que evitassem o local durante o início. A ação contou com o apoio de guarnições do 7 Batalhão de Polícia  Militar  e Policiais de 78DP( Fonseca), 77 DP (Icaraí) e 76 DP ( Centro ).   A integração também conta com o auxilio do serviços de inteligência da Polícia Federal e de todas as forças de segurança envolvidas. Após o primeiro dia da ação, os ações de segurança fizeram um balanço da importância deste tipo de estratégia.

Durante a operação um menor foi aprendido com uma pistola 9 milímetros, drogas e um rádio transmissor. Segundo Gilson Chagas, secretário de Ordem Pública de Niterói, a prefeitura de Niterói está promovendo todos os esforços para ajudar o estado nas atuações relacionadas à segurança pública e inúmeras reuniões de trabalho vem sendo realizadas para a elaboração de novas estratégias e troca de informações. Segundo ele , nesta sexta-feira foi dado mais um passo com a operação integrada acontecendo em terreno externo.

“Hoje a polícia militar ocupou as principais vielas, a polícia civil fez buscas e também participou da incursão, a guarda municipal realizou bloqueio e desvio de trânsito, somando forças para trazer uma maior segurança para a população de Niterói. Nas próximas semanas ocorrerão também ações também no asfalto. Teremos blitz com a polícia militar fazendo as abordagens dos veículos suspeitos e a Guarda Municipal auxiliando no desvio de trânsito e na sinalização desses veículos. Nós vamos intensificar essas ações agora no final de ano, mas a ideia é que elas sejam cada vez mais frequentes durante o próximo período”, completou Gilson Chagas.

O comandante do 12º BPM, coronel Márcio Rocha enfatizou que a operação integrada de hoje é de extrema importância. Segundo ele, é o início de uma filosofia e doutrina de polícia de proximidade por parte da polícia militar que se aproxima da comunidade, da polícia civil, e dos demais órgãos de interesse da segurança pública, a fim de que juntos possam alcançar os objetivos que são comuns.

“Essa é uma primeira iniciativa e uma primeira ação. A proposta é que nós avancemos cada vez mais e possamos ter melhores resultados Além da ajuda da guarda em desviar o trânsito e a passagem de ônibus nos locais da incursão que foram ações momentâneas, nas redes sociais também alertamos tão logo começou a operação que seria bom evitar esses  locais para a preservação de vidas em caso de confronto. Toda vez que nós agirmos de forma integrada podemos alcançar melhores resultados.”, disse o comandante do 12º BPM, coronel Márcio Rocha.

Durante o mês de dezembro também está sendo realizada a Operação Papai Noel em principais corredores de compras da cidade também integrado. São 70 policiais e 30 guardas municipais.

“A polícia civil está somando forças, aí, com a polícia militar, a guarda municipal, a prefeitura de Niterói e nesse primeiro ato nós atuamos com objetivo de cumprir mandados de prisão na comunidade do Viradouro e fazer serviços de Inteligência naquela comunidade. Continuaremos com essa política para dar maior sensação de.

Segurança à  sociedade.” afirmou  o inspetor Vargas, Chefe de investigação da 77 DP em Icaraí.

 Novos equipamentos para a Coordenadoria de Meio Ambiente da Guarda Civil

img_20161206_154805335img_20161206_154022422

Reconhecida pela população de Niterói por fazer resgate de animais, a Coordenadoria de Meio Ambiente (CMA) da Guarda Civil Municipal terá mais estrutura para trabalhar após receber diversos equipamentos doados pela Secretaria de Meio Ambiente. Entre os materiais estão duas motosserras, cinco foices, 35 facas táticas, cinco pás de bicos, binóculo e um aparelho de GPS de alta precisão.

“Esse material vai nos auxiliar a trabalhar na nossa linha de frente. Nós, muitas vezes, precisamos abrir trilha na mata e nos deparamos com troncos de árvores. Com a motosserra poderemos transpor os obstáculos. Como ela é de tamanho médio, nos dá bastante mobilidade. O equipamento também nos ajudará bastante no combate a incêndio em mata”, disse o subinspetor Marco Silva, comandante da Coordenadoria de Meio Ambiente.

Uma grande parte da demanda da CMA é o resgate de animais. Para se ter uma ideia, nesse ano, de janeiro a outubro, foram resgatados 441 animais na cidade. Com o material recebido, esse número pode aumentar ainda mais.

“Dos equipamentos recebidos estão duas caixas para colocar serpente. Isso é muito bom, pois é uma grande demanda da CMA”, finalizou o subinspetor.

Os equipamentos recebidos pela Coordenadoria de Meio Ambiente da Guarda Civil Municipal foram:cinco facas táticas, cinco pás de bico, cinco foices, cinco machados, duas caixas para serpentes, dez facões, dez bússolas militares,

cinco lanternas táticas, um aparelho de GPS,  um binóculo, 21 sinalizadores e duas motosserras.

Guarda Civil Municipal e PM iniciam a Operação Papai Noel

img_9407

Como tradicionalmente ocorre todo ano em Niterói, foi iniciada na manhã desta sexta-feira (02/12), em frente ao Terminal das Barcas, a Operação Papai Noel, uma ação integrada envolvendo a Guarda Civil Municipal e Polícia Militar com o objetivo de reforçar o patrulhamento preventivo, a manutenção da ordem pública e coibir crimes durante o período de compras natalinas.

Ao todo, 76 guardas civis municipais e 30 policiais militares, por dia, reforçarão as principais zonas comerciais da cidade, concentradas, principalmente, no Centro e em Icaraí. O reforço diário ocorre das 08 às 22 horas e a Operação se estenderá até o dia 7 de janeiro.

“Essa é mais uma ação integrada entre a Guarda Civil Municipal e a Polícia Militar. A ação funcionará de uma maneira em que não haja sobreposição de agentes da guarda e da polícia militar. Dessa forma conseguimos englobar uma maior área de atuação”, comentou o secretário de Ordem Pública, Gilson Chagas.

Guardas realizarão patrulhas em duplas a pé, com auxílio de bicicletas e, ainda, poderão contar com oito novas viaturas que, neste primeiro momento, atenderão exclusivamente aos grupamentos envolvidos na ação.

“Teremos pontos bases e pontos estratégicos com viaturas parqueadas. Os guardas trabalharão em duplas em setores próximos à viatura. Assim, caso seja necessário esses agentes podem se deslocar com maior rapidez”, disse o inspetor geral Leandro da Vitória Nunes.

Além disso, a população ainda poderá contar, caso flagre algum delito ou caso de desordem pública, com o serviço de chamadas de emergência 153, que é recepcionado por guardas civis municipais plantonistas no Centro Integrado de Segurança Pública (CISP), em Piratininga.

Juntos, guardas municipais e estudantes debateram sobre Meio Ambiente e Sustentabilidade.

A Guarda Civil Municipal de Niterói, mais uma vez, marcou presença em um evento de atletismo na cidade. A etapa Nit Running, organizada pela Nit2sports, no dia 23/10, rendeu bons frutos para a equipe da Instituição. A Guarda levou para casa, ao todo, três troféus e duas medalhas.

O GCM Miranda conquistou o primeiro lugar na categoria de faixa etária de 20 a 29 anos, com o tempo 22 minutos e 33 segundos, marca que também lhe rendeu o 10º lugar na classificação geral. O fundador do Departamento de Esportes da Guarda Civil Municipal, GCM Jovane também alcançou grande marca, 20 minutos e 13 segundos, e subiu ao pódio no 4º lugar da classificação geral. Além disso, a Guarda também levou o troféu de terceira maior equipe do evento.

 

 

Formatura dos novos guardas é realizada da Cidade da Ordem Pública

CMA completa 11 anos

Nesta quarta-feira, dia 21 de setembro, a Coordenadoria de Meio Ambiente da Guarda Civil Municipal completa 11 anos. Durante esse período foram inúmeras histórias, grandes resgates de animais e muito trabalho. Desde o ano passado, a coordenadoria vem aumentando significativamente o número de ações principalmente por conta das denúncias recebidas através do número de emergência 153.

A Coordenadoria de Meio Ambiente, além de atuar na fiscalização ambiental das Unidades de Conservação do Município, ministra palestras nas Escolas Municipais sobre assuntos relacionados ao meio ambiente, como “Tráfico de animais silvestres”, “Mata Atlântica”, “Poluição” e temas como “Prevenção à violência e uso de drogas”, “Bulling”, entre outros. Atua também na repressão ao comércio ilegal de animais silvestres e domésticos, atua em conjunto com o Centro de Controle de Zoonoses Professor Américo Braga da Secretaria Municipal de Saúde na contenção e captura de animais de grande porte (equinos, suínos e bovinos) soltos nas vias e logradouros públicos e o devido encaminhamento desses animais a local adequado, entre outras atribuições.

A Coordenadoria de Meio Ambiente vem se consolidando a cada dia como um dos principais ícones da Segurança Pública da cidade de Niterói, contribuindo significativamente para o fortalecimento e credibilidade da Guarda Civil Municipal de Niterói perante a sociedade. Meus parabéns a todos os integrantes desta importante Instituição.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Guarda Civil Municipal marca presença na Corrida Social.

Guardas de Niterói treinam com cães

A Guarda Civil Municipal de Niterói vem aperfeiçoando suas atividades a fim de melhorar a segurança da população. E com a construção da Cidade da Ordem Pública Coronel Marcus Jardim, prevista para ser inaugurada em setembro, esse trabalho será ainda melhor. Uma das novidades é que a nova sede contempla um canil, com capacidade para até dez cães. E os Guardas já estão capacitando para o trabalho com os animais. Esse é o caso do GM Barenco, coordenador Marques, subinspetor Leandro e coordenador Salvador, que nos últimos meses vem se especializando.

A possibilidade de ter um grupamento com cães é enaltecida pelos guardas civis municipais.

“O grupamento aproxima a população da instituição. Os cães não são utilizados nas ruas para oprimir,  mas para participar do patrulhamento como também para atividades de adestramento e exibição”, disse o subinspetor Leandro.

Os guardas enfatizam que ter cães na guarda pode facilitar muitas operações, desde controle de distúrbios, como nas rondas e em busca por desaparecidos.

“O cão é uma ferramenta de trabalho que dá a vida pelo seu condutor. Ele possui um faro tão apurado que é capaz, inclusive, de ajudar na busca por pessoas no mar”, comentou o coordenador Marques.

O grupamento ambiental da guarda também será beneficiado com a possibilidade de trabalhar com animais. A ideia, inclusive, é que haja um grupamento de cães específico para o setor ambiental.

“Contar com cães com maior capacidade olfativa será muito importante na  busca por pessoas desaparecidas, o que pode acontecer em nossas matas, já que temos uma grande área de Mata Atlântica”, afirmou o coordenador Salvador.

As intenções para o grupamento de cães não estão restritas às atribuições da Guarda Civil no dia a dia. Existe a intenção de utilizar os cães da guarda para cinoterapia, que é uma  abordagem terapêutica que tem como diferencial o uso de cães como co-terapeutas no tratamento físico, psíquico e emocional de pessoas com necessidades especiais.

Anúncios